Ads 468x60px

terça-feira, 29 de junho de 2010

Manifestantes fazem protesto contra a inelegibilidade de candidato evangélico por ter ficha suja

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE – RJ) manteve a decisão da inelegibilidade do ex- governador evangélico do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho (PR). O político iria se candidatar novamente ao cargo nestas eleições.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Para concorrer ao cargo Garotinho tem o prazo de dois dias para conseguir uma liminar junto ao TSE. Porém ele já admitiu não ter esperanças para reverter a situação. Ele se defendeu afirmando que é inocente em relação à acusação de uso indevido dos meios de comunicação.

Em decorrência dessa situação sua filha, Clarissa Garotinho, organizou na manhã de 28 de junho um protesto na porta do TRE, no centro do Rio de Janeiro. Aproximadamente cem pessoas participaram, ocupando parte da Avenida Presidente Wilson, complicando o tráfego. Embora não haja registro de tumulto, 15
guardas municipais organizaram o trânsito na região.

Sem Crivella

Na noite de sábado o PR fez aliança com o PT do B para lançar como candidato ao senado o cantor evangélico e ex-pagodeiro Waguinho com o pastor Manoel Ferreira
da Assembléia de Deus no lugar de Marcelo Crivella. A decisão final do partido será tomada na reunião do dia 30 de junho. Deste modo Garotinho tem mais tempo para refutar a decisão do TRE, que o tornou inelegível por três anos, a contar em 2008.

Pastora Caroline Celico, esposa de Kaká, faz palestra sobre religião para mulheres da alta sociedade

Parecia uma reunião comum de senhoras bem-arrumadas e endinheiradas. Com suas bolsas Hermès e Chanel a tiracolo, elas papeavam sobre viagens, filhos e outras amenidades. Logo, o assunto principal da tarde da última terça (22), no belo apartamento da psicóloga Lucia Dall’Stella, no Morumbi, se tornaria outro: religião. Convidadas por Lucia e Rosangela Lyra, diretora da Christian Dior no Brasil, sessenta paulistanas da alta sociedade foram lá para ouvir as palavras de fé de Caroline Celico. Aos 22 anos, a jovem reúne diversos predicados: filha de Rosangela, mulher do craque Kaká, mãe de Luca, de 2 anos, pastora da igreja Renascer em Cristo e — finalmente — cantora estreante. Ela acaba de lançar um CD e um DVD com doze canções religiosas (em uma delas, faz dueto com o marido famoso). “Mas não sou profissional”, avisa, com a mesma voz doce que comovera sua pequena plateia minutos antes.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

As primeiras convidadas começaram a chegar por volta das 17 horas. “Estive no lançamento do disco da Carol no início do mês”, conta Lucia. “Queria que minhas amigas pudessem ter o prazer de ouvi-la também.” Uma hora e dez minutos depois, a sala estava cheia. Cadeiras extras foram trazidas da sala de almoço para acomodar a mulherada. O número de presentes superou as expectativas. Estavam lá as colunáveis Paola Mansur, Tania Derani, Bia Doria, Maythe Birman… Evangélica, Iris Abravanel, mulher do apresentador Silvio Santos, também prestigiou o evento. Por todo canto, pipocavam diálogos cujo tema era a religiosidade. 18h15. Palmas para acabar com as conversinhas. Mãe coruja, Rosangela toma as rédeas do encontro. “A Carol poderia ter ficado em casa cuidando da vida dela, mas escolheu fazer um projeto para levar um pouquinho de Deus para as pessoas.” Foi interrompida pela entrada da filha, que chegou acompanhada de Simone Leite, mãe de Kaká.

Magrinha e com traços delicados, Carol trazia nas mãos a ‘Bíblia’ e uma cópia de seu DVD. Cumprimentou com beijinho todas as convidadas. “Fiz sua festa de 2 anos”, lembrava uma. “Minha filha estudou com você”, dizia outra. Para quebrar o clima, a estrela da tarde contou que estava no Brasil havia mais ou menos um mês e que sentia falta de requeijão. Quando se casou com Kaká, em 2005, mudou-se para Milão. Atualmente, mora em Madri. Vem a São Paulo duas vezes por ano. Criada nas doutrinas do catolicismo, afirma que se encontrou na igreja evangélica. “Deus habita dentro de todas nós e ordena sua bênção na comunhão dos irmãos”, começou. O silêncio das ouvintes só é interrompido por sussurros de “amém”. Carol Celico fala sobre a dificuldade de engravidar — “longos seis meses” — e sobre a cirurgia para a retirada de um tumor benigno pela qual o filho passou no ano passado — “entreguei-o nas mãos de Deus”. Chega a hora da oração final. Juntas, todas oram baixinho guiadas pelas palavras da pastora. “Obrigada, Senhor, por, num mundo tão difícil, conseguirmos juntar mulheres lindas que têm mais do que poderiam imaginar.” Mais para frente, diz: “Eu quero pedir, Senhor, acompanha cada uma, derrama da sua alegria, da sua paz, do seu poder, hoje e sempre”.

Emocionadas, algumas convidadas não conseguem conter as lágrimas. É o caso da juíza Claudia Fanucchi. Viúva há um ano, ela enfrenta um câncer de mama. “Espero que as pessoas não precisem se aproximar de Deus pela dor”, desabafou, com os olhos ainda marejados. Bem-humorada e cheia de culpa, a designer de joias Carla Settanni decidiu: “Vou começar a frequentar a igreja amanhã!”. Todas rumam para a sala do home theater para assistir ao DVD. No fim, aplaudem com veemência. Chamada para agradecer, Carol prefere não ir. Parece ainda pouco à vontade na pele de celebridade. “Até outro dia eu era apenas a esposa do Kaká”, diz. “Está tudo muito maior do que eu pensei.” Seu CD, que pode ser baixado gratuitamente, já contabiliza 450 000 downloads. Sondada por algumas gravadoras, Carol deve anunciar um contrato nos próximos dias. Quando não está pregando, mostra seu lado menina bem-nascida. Usa um colar de brilhantes, do joalheiro Jack Vartanian, com um símbolo do infinito formado pelas duas letras C de seu nome e sobrenome. “Representa o amor infinito de Deus.” Os cabelos castanhos foram discretamente clareados no salão de Wanderley Nunes, no Shopping Iguatemi. Nas unhas, Particulière, o esmalte-febre da grife Chanel. Nos pés, botas de cano alto do caríssimo designer italiano Sergio Rossi. “Sou vaidosa”, admite. “Cresci no meio da moda.”

A essa altura, o banquete preparado por Tuca Lobo Vianna está servido. Até as 20h30, Carol não havia sequer tocado na casquinha de hadoque, no patê de foie gras com azeite trufado nem no creme de pera com gengibre. A mãe de Kaká, Simone Leite, bispa da Igreja Renascer de Milão, ficou o tempo todo ao lado da nora. “Ela me chama de tia, olha que bênção?” Confiantes, as duas fazem planos de ir à África do Sul para assistir às finais da Copa do Mundo. Preferem silenciar sobre a expulsão do craque na partida de domingo passado. Durante os jogos, fazem uma corrente de orações por Kaká e seus colegas. Têm companhia da católica fervorosa Rosangela, que deixou no passado o sofrimento por ver sua filha convertida. “Criei a Caroline para ser uma princesa”, diz. “Fico feliz que ela tenha se casado com um príncipe!” Fim do encontro. Na tarde de mulheres chiques com a senhora Kaká, o assunto menos comentado foi o futebol.

Mais uma série de livros de C. S. Lewis virará filme

A produtora Beloved Pictures comprou os direitos para adaptar ao cinema a trilogia infantil 100 Cupboards, que compreende os livros 100 Cupboards, Dandelion Fire e The Chestnut King.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Escrita por N.D. Wilson, a trilogia conta a história de Henry York, garoto de 12 anos que descobre que sua casa no Kansas possui armários misteriosos que servem de portais para outros mundos. Acompanhado de seu tio Frank, sua tia Dotty e seus primos Henrietta, Penelope e Anastasia, ele precisa lutar contra as forças do mal que, sem querer, libertou dos armários.

Paralelamente, a produtora está preparando um filme de O Grande Abismo (The Great Divorce), clássico de C.S. Lewis (As Crônicas de Nárnia) que será roteirizado por Wilson. O livro mostra alegoricamente a visão do que acontece após a morte. Na trama, o narrador se encontra em um lugar medonho, a Cidade Cinza, e pega um ônibus para dar início a uma viagem que atravessa céu e inferno.

Ambos os projetos não têm diretor ou datas definidas.

Confira a entrevista com o Pastor de Marina Silva na Assembléia de Deus: “por que a mulher tem de ser inferior ao homem?”

São quatro dezenas de ovelhas espalhadas pela sala. Marrons, brancas, pretas. De vidro, de acrílico, de pelúcia. “Essas dão muito menos trabalho do que as minhas ovelhas reais”, diz o pastor evangélico Sóstenes Apolos da Silva, dono da coleção. Há 31 anos, ele é pastor da Assembleia de Deus, a maior denominação evangélica do Brasil, com 8,4 milhões de fiéis, segundo o último Censo. E é o líder religioso da candidata à Presidência pelo PV, Marina Silva. A igreja presidida pelo pastor Sóstenes em Brasília é a frequentada por Marina. Além de guiá-la espiritualmente, ele se engajou na campanha. Tem ajudado Marina a circular pelo meio evangélico. “O problema é que ela é pouco conhecida”, diz o pastor. “Marina ainda é confundida com a Heloísa Helena (também dissidente do PT e candidata à Presidência pelo PSOL em 2006).”Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Marina é assídua na igreja. É fácil encontrá-la sentada na quinta ou sexta fileira de bancos do salão durante os cultos de domingo. Antes de ser evangélica da Assembleia de Deus, foi católica. Na juventude, estudou para tornar-se freira. Depois desistiu. Em nome de convicções religiosas, ela já disse ser contra o casamento gay (depois defendeu a união civil entre homossexuais, desde que não haja bênção religiosa), a legalização do aborto, o uso de células-tronco embrionárias em pesquisas e a descriminalização das drogas. Tudo em discordância com as ideias do estatuto do PV. Para o pastor, não há contradição porque Marina e o PV dividem a bandeira do meio ambiente, e ela mantém a postura cristã. Em meio à coleção de ovelhas, ele conversou com ÉPOCA.

ÉPOCA – Como conheceu Marina Silva?
Pastor Sóstenes Apolos da Silva – Alguém a convidou para um culto, em 2006. Ela já era convertida, batizada em outra Assembleia de Deus de Brasília. Pela projeção que tem, frequentar uma igreja pequena a deixava muito exposta. Aqui, na nossa igreja, fica absorvida em um grupo maior. Ela gosta de ser muito discreta.

ÉPOCA – Ela é assediada nos cultos?
Pastor Sóstenes –
As pessoas a procuram, e ela não se esquiva. Eu quis montar um esquema de segurança, mas ela não quis. Quer estar no meio do povo. Meu plano era colocá-la junto dos obreiros num lugar reservado, porque ela também é obreira. Vai que aparece um doido, né?!

ÉPOCA – O que Marina deve fazer por ser obreira da Assembleia de Deus?
Pastor Sóstenes –
Ela dá palestras de conteúdo bíblico, faz pregações. Há uns dois anos nós demos um curso para ela de noções de homilética, de interpretação bíblica. É um curso de fim de semana. Ela fez todas as aulas, os deveres de casa. Fazia perguntas para o professor. Como obreira, ela deve seguir a ética cristã, conhecer a Bíblia. E deve recolher o dízimo, como todo membro da igreja.

ÉPOCA – O senhor pede orações por ela?
Pastor Sóstenes –
Sim. Teve uma fase em que houve uma seca brava no Acre e não estava previsto chover num período de 30 dias. A mata estava incendiada, não se conseguia apagar o fogo. Ela expôs o problema, nós bancamos a causa, fomos orar, e Deus mandou chuva fora de todas as previsões. Ela sempre pede oração e orientação. Eu oriento no sentido de que todo cristão é um representante de Deus, seja qual for o trabalho. Um cristão deve evitar posturas indignas.

ÉPOCA – Como o senhor vê o fato de Marina ser filiada a um partido favorável à legalização do aborto – posição contrária à da Assembleia de Deus?
Pastor Sóstenes –
Marina conseguiu que o estatuto do PV liberasse os membros a tomar posições sob o argumento da questão de consciência. Em uma votação, a pessoa está liberada para seguir sua consciência (na verdade, o PV permite que seus quadros se abstenham de votar quando há conflito de consciência).

ÉPOCA – Em casos como o aborto, ela fala em fazer plebiscito. O senhor concorda?
Pastor Sóstenes –
Penso que o Congresso é um público restrito, é perigoso dizer que ele representa o povo. E nossa postura como cristãos é convencer as pessoas daquilo que é certo, mas não obrigar. Se consultar o povo sobre o aborto e o povo quiser, Deus vai lamentar, mas o governante tem de respeitar.

ÉPOCA – A senadora Marina Silva diz ser contrária ao casamento gay. Essa também é uma posição da Assembleia de Deus?
Pastor Sóstenes –
Sim, é uma posição da Bíblia. Nós nos orientamos por ela. A Bíblia considera errada a homossexualidade. E muito errada. Chama isso de prática abominável aos olhos de Deus. Então nós temos de ser coerentes. Ou cremos na Bíblia ou não cremos.

ÉPOCA – Alguns cristãos não vão ter dificuldade de entender a posição de Marina a favor da união civil entre homossexuais? Ela vai perder votos entre eles?
Pastor Sóstenes –
Creio que sim. Muitas pessoas pouco esclarecidas vão deixar de votar nela por isso. Mas a postura dos outros candidatos é a mesma que a dela.

ÉPOCA – O senhor foi a favor do lançamento do nome de Marina como candidata à Presidência pelo PV?
Pastor Sóstenes
– Sim, havia questões discordantes, como em todo partido. Mas tem de se levar em conta que no Brasil estatuto de partido não vale nada, ideologia não existe. Então há duas coisas: primeiro, a bandeira do partido, do meio ambiente, coincide com a dela. Segundo, aquilo que é contrário aos princípios de Marina, ela se posicionou publicamente e conseguiu que o partido deixasse isso no âmbito de questões de consciência.

ÉPOCA – A igreja dá orientação aos fiéis sobre como votar?
Pastor Sóstenes –
Não dávamos, mas a partir deste ano vamos dar. Decidimos elaborar uma cartilha de orientação política. Ao escolher um candidato, o fiel deve considerar as posturas éticas dele, não vender o voto. São orientações para que o povo exerça a cidadania.

ÉPOCA – Importa se o candidato é evangélico ou não?
Pastor Sóstenes –
Se algum candidato se identifica como evangélico e vive como evangélico, deve ter nossa preferência.

ÉPOCA – É verdade que a Assembleia de Deus resolveu não apoiar Marina?
Pastor Sóstenes –
A Assembleia de Deus é segmentada. Tem um grupo grande, uns 30% da Assembleia de Deus, que já decidiu apoiar José Serra.

ÉPOCA – Não é contraditório que a Assembleia recomende o voto em evangélicos e uma parte da igreja já tenha fechado o voto por José Serra, que não é evangélico?
Pastor Sóstenes –
É uma contradição. Espero que nacionalmente não aconteça o apoio a outra pessoa que não seja a Marina, porque se acontecer é uma incoerência. Nós em Brasília não vamos cometer essa incoerência. Seja lá qual for a decisão que a comissão política nacional tome, aqui vamos apoiar Marina.

ÉPOCA – O que motiva o apoio da Assembleia de Deus a Serra?
Pastor Sóstenes –
Imagino que é a política do voto útil, de que não adianta votar em fulano porque fulano não vai ganhar. Acho isso uma pobreza de espírito. Prefiro crer que não há interesse político.

ÉPOCA – A Assembleia costuma dizer que as mulheres devem usar saia, manter o cabelo comprido. Marina diz que segue estilo próprio quanto a isso. A igreja faz alguma recomendação?
Pastor Sóstenes –
Nossa igreja em particular tem uma postura mais liberal em usos e costumes. Não temos problema com mulher cortar o cabelo, se arrumar.

ÉPOCA – Tem diminuído a pressão desse tipo de regra na Assembleia de Deus?
Pastor Sóstenes –
Tem. É uma tendência nacional, uma questão de maturidade. Tem um texto bíblico que diz: “Não haja roupa de homem em mulher, nem roupa de mulher em homem”. Mas o que determina se uma roupa é de homem ou de mulher é a sociedade, e não a Bíblia.

ÉPOCA – Se Marina for eleita, ela vai ser a primeira mulher presidente do Brasil. Uma mulher em um cargo historicamente ocupado por homens desagrada aos cristãos da Assembleia de Deus?
Pastor Sóstenes –
Muitas igrejas evangélicas e mesmo algumas Assembleias de Deus interpretam que as mulheres não podem ter função de liderança. Mas estamos amadurecendo, está caindo a ficha. A opressão da mulher é consequência do pecado. Mas o Senhor Jesus veio restaurar a mulher do pecado. Então por que a mulher tem de ser inferior ao homem?

Após xingar palavrão Kaká vira piada no twitter

Depois do sucesso “Cala a boca Galvão”, “Cala a boca Tadeu” e “Cala a boca Globo” no twitter, ontem foi a vez do “Kaká Badboy”. Em um canal #kakabadboy, as pessoas podiam postar fatos fictícios sobre a vida de Kaká.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Tudo começou ainda no jogo contra a Costa do Marfim quando Kaká, em um raro momento na carreira, xingou um palavrão, fez gestos obsenos e foi expulso de campo. A partir dai, brincando com o fato do jogador ser evangélico e sinônimo de serenidade dentro e fora de campo, os internautas inventaram fatos fictícios para sustentar que Kaká é por dentro um badboy. Famosas na TV comentaram o ocorrido e acabaram dando força para a brincadeira.

A brincadeira esfriou depois que Kaká não jogou contra Portugal, mas voltou a ser tópico corriqueiro após o jogo cantra o Chile, nesta segunda, onde Kaká novamente xingou um palavrão ao errar um chute e por levar um cartão amarelo em uma falta forte no primeiro tempo.

A lista com o Kaká Badboy é uma brincadeira com o Chuck Norris Facts, outra lista que satiriza as aventuras do ator estadunidense.

Veja alguns itens da lista:
- Numa festa de crianças Kaká comeu dois brigadeiros antes de ser cantado o
parabéns.
- Kaká assistiu o horário eleitoral gratuito no mudo.
- Certa Vez Kaká saiu à noite em Milão no frio sem um casaco.
- Na juventude, a mãe de Kaká pediu pra ele comprar presunto e ele trouxe
mortadela só pra sacanear.
- Kaká recebeu troco a mais em uma loja e não falou nada.
- Uma vez Kaká olhou pras pernas de uma mulher na rua.
- Em certa oportunidade, Kaká atirou num companheiro de time quando jogava
Counter Strike.
- Kaká nunca deu boa noite pro Willian Bonner no final do Jornal Nacional.
- Quando criança, Kaká tocou a campainha do vizinho e saiu correndo.
- Kaká já ficou offline no MSN sem dar tchau para seus contatos.
- Kaká não precisou de pulserinha pra entrar no show do Restart.
- Kaká já tirou meleca do nariz e colou embaixo da carteira do colégio.
- Dirigindo, Kaká passou o outro dia no sinal amarelo.
- Kaká já foi dormir sem escovar os dentes.
- Kaká assistia o Cine Privé escondido dos pais.
- Kaká já atravessou a rua fora da faixa de pedestres.
- Kaká mentiu prá mãe dele que estava doente só pra não ir pra escola.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Lula afirma que é melhor ter cinema do que Igreja

O governo federal lançou nesta quarta-feira o programa “Cinema Perto de Você”, que tem como objetivo estimular empreendimentos privados, com linhas de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para a construção de 600 novas salas de cinema em todo país. A meta é fazer com que todos os municípios com mais de 100 mil habitantes que ainda não tenham salas passem a tê-las. São 89 municípios nessas circunstâncias, entre elas Belford Roxo (RJ).Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Lula, que por diversas ocasiões foi ovacionado com o coral “olê, olê, olá, Lula, Lula”, afirmou que é preciso que os empresários se preocupem em criar condições para atrair o público para o cinema. Ele disse que muitas salas foram vendidas para igrejas porque elas ofereceram melhor negócio para os empresários.

- Precisamos mostrar para o empresário que é melhor ter um cinema do que vender a sala para uma igreja qualquer.

Para Lula, a boa qualidade da TV brasileira também faz com que as pessoas fiquem em casa.

- Somos um pouco vítimas da qualidade da TV brasileira. Algumas exibem novelas que prendem as pessoas em casa. Precisamos oferecer vantagens – sugeriu.

O BNDES dispõe de R$ 500 milhões para o programa. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou uma medida provisória que, se aprovada, garante isenção de impostos federais (PIS/Cofins) para os novos empreendimentos. Lula cobrou dos governadores e prefeitos que façam o mesmo.

Municípios com população entre 100 mil e 500 mil – 146 no total – que já têm salas de cinema, como é o caso de Luziânia e de Florianópolis (SC), também poderão aderir ao programa, bem como cidades acima de 500 mil, com predominância da população na classe C. Para ter acesso ao crédito, os empreendimentos devem prever, no mínimo, três salas . A operação financeira mínima será de R$ 1 milhão, com dez anos de prazo para pagamento.

Bispa Sonia Hernandes no Programa do Raul Gil

Sábado poderemos ver a Bispa Sonia Hernandes no Programa do Raul Gil para participar do quadro “Para quem você tira o chapéu?”. A líder do ministério de louvor Renascer Praise já gravou sua participação no programa que agora está no SBT.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Ainda não se tem notícias sobre como foi a gravação, para a líder da Igreja Renascer tirou ou não o chapéu ou se ela cantou no programa. As informações vem sendo tratadas em sigilo, mesmo porque Sônia Hernandes está envolvida em diversos processos e investigações da justiça junto com seu marido, o Apóstolo Estevam Hernandes.

Os Programas de Raul Gil já receberam grandes nomes do meio evangélico como Fernanda Brum, Eyshila, Diante do Trono, Aline Barros, Marina de Oliveira e muitos outros. Apesar do apresentador não ser convertido, sempre houve espaço em seu programa para descobrir e prestigir grandes nomes da música, seja qual estilo ou crença for.

O Programa Raul Gil com a Bispa Sônia Hernandes, da Igreja Renascer, vai ao ar no dia 3 de Julho às 14:15 no SBT.

Música Gospel na Rede Globo

Neste domingo duas grandes cantoras do meio gospel estiveram na tela da tv Globo em pleno horário nobre.

Kaká protagoniza, produz e lança filme evangélico sobre si mesmo. Assista

O meia Kaká irá promoverpromoveu neste domingo, na cidade de Johannesburgo, na África do Sul, a estreia mundial de um vídeo religioso estrelado e produzido por ele mesmo, chamado “Kaká – Este é o ritmo do meu jogo”, no qual o camisa 10 da Seleção Brasileira declara a sua fé e diz que “todos têm a necessidade de uma liderança, de condução, de saber para onde ir”.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Um trailer do filme foi distribuído nesta sexta. “Eu creio que Deus tem um propósito pra vida de cada um de nós. E acredito que o meu é pelo esporte, pelo futebol, levar o nome de Jesus Cristo”, diz o jogador na capa do DVD.

O atleta do Real Madrid costuma comemorar seus gols apontando para cima, agradecendo a Deus. Em 2007, doou o prêmio recebido da Fifa de melhor jogador do mundo para a Igreja Renascer, onde se casou dois anos antes. Além disso, tem mensagem religiosa nas suas chuteiras personalizadas.

A fé de Kaká virou motivo de discussão recentemente. Na última terça, em entrevista na concentração brasileira, ele afirmou que o jornalista Juca Kfouri tem lhe criticado não por motivos profissionais, mas por causa da sua pregação de fé.

O jogador não pôde enfrentar a seleção portuguesa nesta sexta por estar cumprindo suspensão pelo cartão vermelho recebido contra Costa do Marfim, e acompanhou o empate sem gols das tribunas do estádio. Com o resultado, o Brasil avançou às oitavas de final do Mundial.

Trailer: Kaká – Esse é o ritmo do meu jogo

Sex Shop Gospel é criado para apimentar a relação de casais evangélicos

Para os casais que gostariam de dar uma apimentada na relação, mas uma sensação de culpa sempre prejudicou novas empreitadas sexuais, surge uma nova solução: brinquedos sexuais cristãos.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

A nova empreitada responsável pelo crescimento de dois sex shops online nos Estados Unidos é a prova de que no mercado erótico há espaço para todos.

O site pioneiro “Book22.com” começou em 2008. A proprietária, Joy Wilson, disse em entrevista ao site religioso “NPR.com” que ao procurar alguns brinquedos pela internet para melhorar a vida entre quatro paredes com o seu marido, ambos se depararam com pura pornografia. Não era isso que procuravam: “Fiquei muito surpresa que era tão ruim”.

Por isso, ela resolveu começar seu próprio sex shop livre de pecados. O site comercializa livros, brinquedos e até mesmo conselhos sexuais e amorosos. O nome da loja faz referência ao salmo 22 da Bíblia.

Preocupada em garantir a santidade dos produtos oferecidos, Joy faz questão de fazer sua parte: “Nós oramos por todos os produtos antes de adicioná-los ao site”. Ao que parece, a tática tem dado certo: “Ele (Jesus) realmente nos impressionou. Quase toda nossa página de ‘pedidos especiais’ está esgotada”. A especialidade envolve um “kit de aventura para o fim de semana” e um “kit sexy de velcro”.

Outra alternativa é o site “MyBelovedsGarden.net” que oferece os mais variados tipos de produtos. Vibradores em forma de coelhos, anéis penianos, consolos e estimuladores anais são algumas das opções.

A página inicial do site deixa claro a filosofia da loja: “oferecemos ótimos preços em nossos brinquedos sexuais cristãos, sempre mantendo Jesus Cristo no centro de tudo”.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Lúcio, zagueiro evangélico da seleção, minimiza polêmica com Kaká e evita mais discussão religiosa

A troca de farpas entre Kaká e o jornalista Juca Kfouri repercutiu dentro da Seleção Brasileira. Na terça-feira, 22, o camisa 10 do Brasil, que é evangélico, disparou contra o jornalista, mostrando-se chateado com algumas coisas ditas por Juca. Lúcio, que também é evangélico e um dos mais religiosos do grupo, evitou entrar na discussão.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

“Dentro da Seleção não tem culto. A gente sempre se reúne nos momentos oportunos. O foco principal são os treinamentos e os jogos”, disse o zagueiro.

Para evitar que os jogadores façam manisfestações religiosas exageradas, a Fifa proibiu que os atletas utilizem camisas com qualquer tipo de conotação religiosa.

“A questão da proibição da Fifa temos de respeitar. A Fifa tem suas regras e seus parâmetros, temos de respeitar”, declarou o capitão da Seleção.

Sobre a comemoração do título em 2002, onde os jogadores se reuniram no centro do gramado para uma oração, Lúcio também não polemizou. “2002 já passou. Era um momento de alegria e satisfação. Naquele momento, um momento de alegria, nada mais oportuno de agradecer a Deus”, completou o camisa 3 brasileiro.

Classificado para as oitavas de final, jogador evangélico dos EUA fala sobre sua fé e testemunho

Muitos aproveitam a Copa do Mundo para evangelizar e outros para demonstrar sua fé em Jesus Cristo. Este é o caso do zagueiro da seleção americana, Clarence Goodson. Criado em uma família com valores cristãos em Alexandria, Goodson aprendeu desde cedo a diferença entre o certo e o errado.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Ele sempre sonhou em ser um jogador profissional de futebol, mas não foi tão fácil assim. Já na infância, foi cortado da equipe do bairro, que é o menor nível do futebol. “Se formos obedientes e seguirmos a Cristo com todo o nosso corpo, mente e alma, Deus concede os desejos do nosso coração. Mas, isto não quer dizer que você conseguirá tudo o que quer, mas sim, o que é da vontade de Deus”, afirma.

Muitas pessoas idolatram o estilo de vida dos atletas profissionais. Acham que com dinheiro e luxo serão felizes, mas sabemos que a verdadeira felicidade vem do Senhor. “Como cristãos, nós temos que saber o que é certo e errado e reconhecer que estamos em uma posição de atletas profissionais para levar Cristo a outras pessoas”, reconhece ele.

Goodson se casou com Kelsey, em janeiro de 2009, e diz que ela é a maior influência em sua vida. Além de sua esposa, ele também se espelha espiritual e profissionalmente no pai, Cliff Shaw, e em seu treinador juvenil, Gene Mishalow. “Eles são meus modelos, não tomo nenhuma grande decisão sem antes consultá-los”, disse.

Atualmente, Goodson defende o IK Start, na Noruega. Ele conta que o país está espiritualmente sedento. “Na Noruega não temos a mesma quantidade de cristãos que tinha na minha equipe na América, mas temos alguns. Quando vemos que alguém está meio para baixo, procuramos ajudá-lo”.

Clarence Goodson e sua esposa Kelsey são membros da Primeira Igreja Batista em Springfield EUA.

Cruzada Vida Vitoriosa para Você, do Pastor Silas Malafaia, realizará eventos no Norte do país

A palavra de fé e esperança levada ao Brasil pelo pelo pastor Silas Malafaia durante a Cruzada Vida Vitoriosa para Você chegará a Belém (PA) e a Macapá (AP). Na capital paraense, o evento será realizado nos dias 13 e 14 de agosto, no estacionamento do estádio olímpico Mangueirão. Em Macapá, acontecerá nos dias 21e 22, no complexo do Marco Zero.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Silas Malafaia estará em Belém e em Macapá nos dias 14 e 15 de julho, respectivamente. Ele vai se reunir com a liderança evangélica das duas cidades para tratar detalhes da realização.

Chegar ao Norte do país será mais um desafio para a Associação Vitória em Cristo, que estabeleceu entre suas metas para 2010 a promoção de sete eventos evangelísticos desse porte. Este ano, a cruzada já passou pelas cidades de Foz do Iguaçu, no Paraná, e em Palmas, no Tocantins.

Filmes evangélicos e evangelização podem caminhar juntos? Conheça o projeto Cine Gospel

Quantos de nós já nos sentimos inspirados e motivados por algum filme? Sem sombras de dúvidas, atualmente, os filmes são uma excelente forma de inspirar e motivar as pessoas. Hoje, muitas empresas, treinadores de carreiras (coachers) e atualmente igrejas estão utilizando filmes para melhorar a desempenho de seus profissionais e também para evangelizar milhões de pessoas nas igrejas e no mundo.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Exemplo disto é o filme cristão “Desafiando Os Gigantes” que veio inspirar diversos esportistas a conquistar a vitória em seus desafios. Jogadores de grandes clubes de futebol como Washington (ex-jogador do Fluminense com passagens pelo São Paulo) e o jogador cristão Dodô já deram depoimentos sobre o poder de um bom filme inspiracional (confira os depoimentos em www.desafiandoosgigantes.com.br). Esse filme também já foi utilizado, por exemplo, como medida disciplinar para presidiários e chegou a entrar para a lista dos melhores 14 filmes motivacionais de José Wilson Granjeiro, diretor presidente do Gran Cursos. Entrando para a lista também o filme “A Virada”.

Outro exemplo de importância dos filmes na vida das pessoas é o filme “Prova de Fogo” que trata sobre as adversidades de um casamento em crise. No filme um capitão do corpo de bombeiros, que vê seu casamento começar a desabar, toma uma iniciativa de seguir os passos de um livro e através deste mudar o rumo da separação, tornando-se um marido melhor. Esse filme e também o livro “O Desafio de Amar” (utilizado pelo bombeiro no filme), estiveram ao alcance de MILHÕES de pessoas ao redor do mundo, ficando o livro entre os best-sellers do jornal “The New York Times” e o filme entre os filmes cristãos mais assistidos do mundo. Milhares de igrejas projetaram o filme e aplicaram os ensinamentos do livro em seus ministérios de casais.

Para conferir um pouco do sucesso do filme e do livro, você pode consultar o website www.provadefogoofilme.com.br e ver depoimentos IMPRESSIONANTES de pessoas que desistiram do divórcio e renovaram seus matrimônios. Atualmente, estão disponíveis títulos para todos os públicos. Os jovens podem contar com o filme “Para Salvar Uma Vida” que além de ser um excelente filme inspiracional, conta com um material de apoio assim como os do filme “Prova de Fogo”. Veja também depoimentos sobre o filme em www.salvarumavida.com.br. De tamanha grandiosidade é também o filme “Em Seus Passos, O Que Faria Jesus” que põe em questão a nossa postura diante de situações importantes nos levando a nos perguntarmos o que Jesus faria se Ele estivesse em nosso lugar.

A BV Films visando trazer esta cultura para dentro das igrejas lança o projeto “Cine Gospel” onde é oferecida à igreja uma oportunidade para auxiliar na evangelização e também todo um material de apoio para a divulgação do filme. Em alguns pacotes também são oferecidos alguns materiais para estudos após as exibições, são eles “Prova de Fogo” e “Para Salvar Uma Vida”. Com o Cine Gospel as igrejas têm em mãos um material mais dinâmico e eficiente para o crescimento do povo cristão.

Estados Unidos agradecem a autor cristão por sua luta pela família

A Casa Branca enviou uma carta de elogio ao autor Cristão D. J. Young antes do Dia dos Pais para agradecê-lo por todo o trabalho que ele fez e continua a fazer como um conselheiro e defensor da paternidade responsável.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

“Sua liderança na organização Wisdom 4 Dads é tão impressionante quanto inestimável já que você busca alcançar e apoiar os pais de toda a nação,” escreveu Joshua Dubrois, diretor executivo do Escritório da Casa Branca com base em fé e Parcerias de Vizinhança.

Além de ser o fundador da organização com base na fé Wisdom 4 Dads, Young é o autor de dez livros sobre paternidade, incluindo The Three Phases of Fatherhood-Dad, Father, Grandfather, A Wife’s Guide to Inspiring a Great Dad, e Eight Spiritual Wonders of Being a Father.

DuBois observou em sua carta que o Presidente Obama – devido a sua própria experiência com um pai ausente – direcionou o Escritório de fé da Casa Branca de maneira a fazer com que o progresso da paternidade responsável fosse uma das suas prioridades.

O pai de Obama deixou sua mãe e ele quando Obama tinha dois anos de idade, e ele disse que a ausência tem tido um grande impacto em sua vida.

“Eu passei a entender que o vazio que um homem deixa quando abandona suas responsabilidades para com seus filhos, nenhum governo pode preencher,” escreveu Obama no dia dos pais do ano passado para a revista Parade Magazine.

“é por isso que nós precisamos que os pais se aproximem, percebam que o trabalho deles não termina na concepção; que o que faz de você um homem não é a capacidade de ter um filho, e sim a coragem de criá-lo,” acrescentou o presidente.

Este ano, em seu pronunciamento de Dia dos Pais, Obama fez uma homenagem não apenas para os pais biológicos, mas para os homens que servem como figuras paternas para as crianças. Estes homens incluem pais de criação e adotivos, mentores, tutores e irmãos mais velhos.

O presidente também saudou as famílias não-tradicionais mencionando os casais homossexuais.

Rio de Janeiro pode ter chapa evangélica nas eleições para Senador e Governador

O ex-governador Anthony Garotinho (PR) afirmou ao Terra na noite desta quarta-feira (23) que fechou aliança com o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) para concorrerem, respectivamente, ao governo do Estado e à reeleição ao Senado, com seus partidos coligados. Será uma chapa evangélica, segundo Garotinho, que faz parte da Igreja Presbiteriana. A assessoria de Crivella, bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, não confirmou a aliança.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Segundo a assessoria de Garotinho, a coligação deve ser formalmente anunciada em um evento no próximo domingo (27), no Hotel Guanabara, no Centro, na véspera do julgamento, pelo TRE-RJ, de um embargo de declaração pelo qual o ex-governador tentará anular a decisão que o tornou inelegível. A pena é de três anos, contados a partir de 2008, quando ele começou a responder o processo, por uso indevido de meio de comunicação para campanha eleitoral de sua mulher, Rosinha, à prefeitura de Campos, no Norte Fluminense.

Caso o embargo seja negado, os advogados de Garotinho devem recorrer ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), incluindo um pedido de medida cautelar para poder registrar sua candidatura na convenção do PR, marcada para quarta-feira (30). Eles já tentaram antecipar a liminar no TSE nesta semana, mas o ministro Marcelo Ribeiro não julgou seu mérito, afirmando que prefere aguardar a decisão do TRE-RJ.

Segundo Garotinho, o anúncio da coligação reflete sua confiança em que conseguirá a liminar no TSE para concorrer nas eleições.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Igreja Universal pune em público seus pastores que caem em pecado. Assista ao vídeo

Novas imagens que documentam encontros da cúpula da Igreja Universal revelam que as punições por “falhas” como adultério ou furto são públicas e definidas em ritos sumários.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

São videoconferências comandadas em 2008 pelo bispo Romualdo Panceiro, atual “número dois” na hierarquia e apontado pelo líder Edir Macedo como seu sucessor.

Da sede da igreja em São Paulo, Panceiro se conectava com os principais pastores e bispos da Universal no Brasil e no exterior.

No trecho abaixo, Panceiro manda demitir dois pastores que teriam feito sexo com mulheres casadas.

Outros trechos demonstram a pressão exercida sobre os pastores para que aumentem a coleta de recursos. Além disso, revelam que foi estabelecido um prêmio –uma viagem internacional– aos sete pastores que mais arrecadassem dízimos dos seus fiéis.

Os cinco vídeos, com duração total de seis horas, foram obtidos de um ex-pastor pelo ex-voluntário da Universal e ourives Eduardo Cândido da Silva, que move ação contra a igreja por danos morais.

Como fez com as primeiras duas gravações, reveladas em abril pela Folha, Silva deverá entregar os novos vídeos ao Ministério Público.

Outro lado

A Igreja Universal afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que é “termo preconceituoso” chamar de premiação as viagens a Israel destinadas a seus pastores.

“A viagem para Israel não é considerada uma premiação e sim uma missão religiosa almejada por cristãos evangélicos de todo o mundo. Entre os 15 mil pastores da Igreja Universal do Reino de Deus que atuam no Brasil, isso não é diferente. A missão religiosa na Iurd, entre outras peregrinações, consiste em levar pedidos de oração dos fiéis a lugares sagrados, como o Monte Carmelo, a Muralha de Jerusalém e o alto do Monte Sinai, por exemplo, uma árdua e esgotante escalada de mais de dois mil metros a pé.”

Segundo a igreja, são viagens “cansativas e curtas de quatro, cinco dias, no máximo, em que, quase sempre, consome-se mais tempo em deslocamentos aéreos do que nos locais em que são realizadas orações”.

Juca Kfouri, jornalista que estaria perseguindo Kaká por ser evangélico, fala sobre Deus, fé e religião. Confira a entrevista

Entrevista concedida por Juca Kfouri ao jornalista Bob Fernandes diretamente da Africa do Sul.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Esse é um assunto delicado e sério: religião. Tão delicado e sério que é um tabu, quase todos o evitam para escapar à ira de quem crê e também de quem não acredita. Assunto tão delicado e sério que a FIFA proibiu manifestações religiosas coletivas em campo. Isso depois de a Seleção ter orado no gramado do Ellis Park ao final da Copa das Confederações de 2009, Brasil 3, EUA 2, há um ano. Na terça-feira, 22, o maior astro do Brasil, Kaká, trouxe o polêmico tema religião para dentro da Copa do Mundo.

Em resposta a uma notícia dada pelo mais importante jornalista esportivo brasileiro, Juca Kfouri, o meia disse que Kfouri o estaria atacando “por ele ser um cristão e pregar a palavra de Jesus”, enquanto o jornalista é, confessadamente, “um ateu”.

Notando que não havia tantos pruridos e tabus nos tempos (1958, 62 e 70) em que as religiões dos brasileiros nas seleções eram afro-brasileiras; o candomblé, a macumba, este blogueiro, que não é ateu, buscou conversar com o ateu confesso, Juca Kfouri, alvo das palavras de Kaká numa entrevista coletiva transmitida para todo o mundo.

Kfouri que não evita o tema. Ao contrário, tem sido crítico ao que chama de “merchandising religioso”.

É evidente que o mesmo interesse teria, tenho, de ouvir Kaká sobre assunto tão delicado, sério e polêmico. Fica aqui o convite, para quando ele queira.

Vamos à conversa:
-Juca, você informou, com base em suas fontes médicas, que o Kaká poderia estar jogando no sacrifício, como fez o tenista Guga com sua contusão nos quadris, e que isso poderia vir a encurtar sua carreira. A contusão que o Kaká teve, ou tem, é no púbis, mas não é sobre isso que vamos conversar, e sim sobre um assunto muito falado mas pouco debatido, embora já posto em pauta pela própria FIFA ao proibir manifestações coletivas de religiosidade. Falemos sobre esse tema sério e delicado, quase um tabu, que é a Fé, a Religião, e o futebol?

-Falemos, mas antes, o Kaká. Um, o Guga, teve problemas no quadril, o outro no púbis, mas é a mesma dificuldade para se recuperar, tal o ponto em que as coisas chegaram. Guga foi operado e mesmo assim não deu. Há sérias dúvidas se adianta operar o Kaká, aliás como ele mesmo reconheceu na mesma entrevista de terça-feira depois de ter dito, na mesma entrevista, que não tinha dores no púbis…

-O Kaká respondeu dizendo que você se volta contra ele, usa sistematicamente uma “artilharia” porque você é um ateu enquanto ele crê, prega a palavra do Senhor. Você é ateu? Não crê mesmo na Palavra do Senhor?

-Fui formado no Catolicismo, estudei o Catecismo, fui batizado, fiz primeira comunhão, fui crismado, meu primeiro casamento foi na igreja e, de fato, não tenho Fé alguma. Até lamento, porque sei que a Fé conforta as pessoas diante da ideia da morte.

-Mas você nem por um momento,em nenhum instante difícil na vida, admitiu que o Messias já esteve entre nós? Que o Filho cá esteve para nos Salvar?

-Não. Já houve homens formidáveis, generosos, dispostos a dar a vida por Justiça, e talvez Jesus Cristo tenha mesmo sido um deles, mas como foram Gandhi, Mandela…e outros.

-Você já leu, ao menos estudou alguma coisa da Palavra? Você sabe que são quatro os evangelhos canônicos, e que eles são os únicos aceitos como autênticos pela maioria dos cristãos? Ou você nunca sequer passou pelo assunto?

-Passar, passei, mas mais pelo interesse literário mesmo…

-A Bíblia, Juca, é, pode ser uma fonte de sabedoria, você admite?

-Claro, entendida em seu simbolismo.

-Partindo desse pressuposto, de que a Bíblia pode iluminar até um ateu confesso como você, gostaria de propor alguns dos Salmos, das Palavras, para que você perceba se, em ao menos alguma coisa, Elas não se aplicam a você ou, no mínimo, ao que você vive, percebe. Pode ser?

-Vamos lá.

-Comecemos por Lucas 17:1 “Disse Jesus a seus discípulos: É inevitável que venham escândalos, mas ai do homem pelo qual eles vêm!”

-Não é o que a História da Humanidade demonstra. Invariavelmente os que causam escândalos se dão bem, infelizmente.

-Em seguida, o mesmo Lucas, no 17:3 “Acautelai-vos. Se teu irmão pecar contra ti, repreende-o; se ele se arrepender, perdoa-lhe.”

-Veja que também não tem sido esta a prática dos evangélicos da Seleção,como o Jorginho, por exemplo, que vive fazendo provocações. Ou como o Lúcio, que deu no braço do Drogba. Eu não tenho visto este pessoal, o bispo Macedo, a bispa Sônia, oferecerem o outro lado do rosto…

-Uma leitura detalhada de Salmos entre o 35:1 e o 35:7… certamente não foi isso, mas o Kaká poderia perfeitamente tê-los lido antes de dirigir-se a ti. Ouça-os, por favor, e diga-nos se não. Você não poderia ser aí o sujeito ausente, não se enxerga aí?
Salmos 35:1 Contende, Senhor, com os que contendem comigo; peleja contra os que contra mim pelejam.
Salmos 35:4 Sejam confundidos e cobertos de vexame os que buscam tirar-me a vida; retrocedam e sejam envergonhados os que tramam contra mim.
Salmos 35:5 Sejam como a palha ao léu do vento, impelindo-os o anjo do Senhor.
Salmos 35:6 Torne-se-lhes o caminho tenebroso e escorregadio, e o anjo do Senhor os persiga.
Salmos 35:7 Pois sem causa me tramaram laços, sem causa abriram cova para a minha vida.

-Não me enxergo, não. Seria me dar muita importância. Nem eu quero mal, muito menos ao Kaká.

-Não te preocupa, em especial, o Salmo 35: 8? “Venha sobre o inimigo a destruição, quando ele menos pensar; e prendam-no os laços que tramou ocultamente; caia neles para a sua própria ruína”.

-É deveras messiânico, não? De alguém que se imagina O Escolhido, O Filho de Deus! Não, não me assusta, até porque não sou inimigo dos religiosos, minha querida tia Nadir Kfouri foi reitora da PUC paulista e tenho, por exemplo, profundos respeito e admiração por D.Paulo Evaristo Arns. Não sou “contra”, apenas peço que não misturem religião com futebol. A Fifa e eu, aliás. É só isso. E foi a FIFA que proibiu religião no futebol, não eu.

-Parece-me que muitas de suas críticas são não contra a religiosidade de boa parte dos jogadores da Seleção, evangélicos ao menos uma dezena ou mais deles, e são críticas, sim, contra a explicitação ostensiva da Fé? É mais ou menos isso?

-Exatamente. Contra o que chamo de merchandising religioso. Um porre!

-À luz desse raciocínio e da aceitação por ambos -você sendo um ateu e eu não- de que a Bíblia pode ser uma fonte de sabedoria, o que lhe parecem, por exemplo, as palavras vocalizadas por Mateus?

-Quais das Palavras? Qual Mateus?

-Por exemplo, Mateus 6:2 “Quando, pois, deres esmola, não toques trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas, nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa.” E também Mateus 6:4 “Para que a tua esmola fique em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.”

-Acho brilhante, verdadeiramente inspiradas no que se possa chamar de “cristão”. Mas quem faz assim, desse pessoal que vive alardeando sua generosidade ou, entre os chefes, explorando a Fé e a ignorância alheias? Não critico os que têm Fé, mas sim os que vivem explorando a Fé e os que realmente têm Fé…

-E ainda segundo Mateus, o 6:5 “E, quando orardes, não sereis como os hipócritas; porque gostam de orar em pé nas sinagogas e nos cantos das praças, para serem vistos dos homens. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa”. Ou ainda o Mateus 6:6 “Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará”.

-É exatamente isso e você não imagina quantas mensagens citando estas Palavras eu recebo quando há este tipo de polêmica. Polêmica que o Kaká levantou exatamente para mudar o foco da notícia.

-Levando-se em conta a proibição de manifestações religiosas de qualquer Fé em campo e esse debate, ou a ausência dele, recordo outras Palavras de Mateus “E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque presumem que pelo seu muito falar serão ouvidos”, ou ainda, no 6:8 : “Não vos assemelheis, pois, a eles; porque Deus, o vosso Pai, sabe o de que tendes necessidade, antes que lho peçais”.

-De novo voltamos ao tema. Para quem crê, se Alguém tudo Sabe por que tanta insistência? Se temos dois times de crentes em campo a pedir, o que, não aos olhos do Senhor, mas aos olhos dos que pedem, o que eles imaginam que se passará? Por que o Senhor escolheria a uns e não aos outros?

-Por Fim, Juca, você não teme, nem por uma fração de segundo, o exposto, por exemplo, no Salmo 41:10? “Tu, porém, Senhor, compadece-te de mim e levanta-me, para que eu lhes pague segundo merecem”.

-Honestamente, por arrogante que pareça, não quero que ninguém tenha pena de mim… não caí para ser levantado e não devo nada a ninguém. Respeito a Fé de quem a tem e quero que me deixem em paz com a minha descrença.

Pinturas com os rostos dos Apóstolos são encontradas

Arqueólogos e restauradores de arte usando nova tecnologia a laser descobriram o que acreditam ser as pinturas mais antigas dos rostos dos apóstolos de Jesus Cristo.
Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

As imagens encontradas em um ramal das catacumbas de Santa Tecla, perto da Basílica de São Pedro, do lado de fora das muralhas da Roma antiga, foram pintadas no fim do século 4 ou início do século 5.

Descobertas foram anunciadas nesta terça-feira (22)

Arqueólogos acreditam que essas imagens podem estar entre as que mais influenciaram os retratos feitos por artistas posteriores dos mais importantes entre os primeiros seguidores de Cristo.

“São as primeiras imagens que conhecemos dos rostos desses apóstolos”, disse o professor Fabrizio Bisconti, diretor de arqueologia das catacumbas de Roma, que pertencem ao Vaticano e são administradas por ele.

Os afrescos eram conhecidos, mas seus detalhes vieram à tona durante um projeto de restauração iniciado dois anos atrás e cujos resultados foram anunciados nesta terça-feira (22) em coletiva de imprensa.

Os ícones de rosto inteiro incluem as faces de Pedro, André e João, que fizeram parte dos 12 apóstolos originais de Jesus, e São Paulo, que se tornou apóstolo após a morte de Cristo.

As pinturas possuem as mesmas características de imagens posteriores, como a testa enrugada e alongada, a cabeça calva e a barbicha pontuda de Paulo, o que indica que podem ter sido as imagens nas quais os retratos posteriores se basearam.

Os quatro círculos, com cerca de 50 centímetros de diâmetro, estão no teto do local do sepultamento subterrâneo de uma mulher nobre que se acredita que tenha se convertido ao cristianismo no fim do mesmo século em que o imperador Constantino legalizou a religião.

Bisconti explicou que as pinturas mais antigas dos apóstolos os mostram em grupo, com rostos menores cujos detalhes são difíceis de distinguir.

“Trata-se de uma descoberta muito importante na história das comunidades cristãs primitivas de Roma”, disse Bisconti.

Os afrescos dentro do túmulo, medindo cerca de 2 metros por 2 metros, estavam recobertos de uma pátina espessa de carbonato de cálcio pulverizado, provocada pela umidade extrema e a ausência de circulação de ar.

“Fizemos análises extensas e demoradas antes de decidir qual técnica empregar”, disse Barbara Mazzei, que chefiou o projeto. Ela explicou como usou um laser como “bisturi ótico” para fazer o carbonato de cálcio cair sem prejudicar a tinta.

“O laser criou uma espécie de miniexplosão de vapor quando interagiu com o carbonato de cálcio, levando este a se destacar da superfície.”

O resultado foi a clareza espantosa das imagens, antes opacas e sem nitidez.

As rugas na testa de São Paulo, por exemplo, estão nítidas, e a brancura da barba de Pedro ressurgiu.

“Foi uma descoberta de forte impacto emocional”, disse Mazzei.

Outras cenas da Bíblia, como a de Jesus convocando Lázaro a levantar-se dos mortos ou Abraão preparando-se para sacrificar seu filho, Isaac, também ficaram muito mais claras e nítidas.

“No que diz respeito a pinturas no interior de catacumbas, estamos acostumados a ver pinturas muito pálidas, geralmente brancas, com poucas cores. No caso das catacumbas de Santa Tecla, a grande surpresa foram as cores extraordinárias. Quanto mais avançamos, mais surpresas encontramos”, disse Mazzei.

Situado num labirinto de catacumbas sob um prédio moderno, o túmulo ainda não está aberto ao público devido às obras que continuam, à dificuldade de acesso e ao espaço limitado. Bisconti disse que as novas descobertas serão abertas apenas à visitação de especialistas, por enquanto.

Desenho evangélico AutoBGood chega ao Brasil

A mais nova série de animações da BV Films, AutoBGood (em referência à frase em inglês “We Ought To Be Good” – “Temos que ser bons”) é uma série em desenho animado para que toda a criançada se divirta, aprendendo a Palavra de Deus.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Mais uma vez a BV Films busca trazer um material de qualidade para as crianças brasileiras, seguindo o exemplo de trabalhos anteriores como Lenny & Sid, Bibleman, GodRocks, entre outros. Dessa vez a empresa trouxe a famosa série de carrinhos americana “AutoBGood” que utiliza a paixão das crianças pelos carros a fim de ensinar e semear a Palavra de Deus.

Além dos DVDs, os pais poderão contar com um livro de estudos bíblicos e atividades para crianças como: jogo dos 7 erros, labirinto, caça-palavras e muito mais. Cada DVD acompanhará um livro com estudos bíblicos relacionados aos tópicos de cada episódio individualmente. Além disso, serão englobados temas como: Tolerância,
Consideração, Cidadania, Lealdade, dentre muitos outros.

Inicialmente, a BV Films irá lançar 3 DVDs da série com 6 episódios cada.

AutoBGood chegou para trazer entretenimento infantil com edificação pessoal em um mundo onde tudo que se vê na TV pode vir a destruir a criação e a educação de uma criança. Visando atender ao clamor dos pais por desenhos que suas crianças possam assistir sem preocupação com mensagens subliminares ou apologias a coisas ruins, a BV Films investe na educação e crescimento espiritual das crianças de nosso país.

Em um mundo totalmente digital, a empresa definiu também a criação de um website para as crianças acessarem e desenvolverem habilidades de percepção com joguinhos como caça-palavras, imagens para colorir, jogo dos 7 erros e etc.

AutoBGood já foi premiado com 5 Emmy Awards, 3 Telly Awards, 3 Aurora Awards e 1 Dove Seal of Approval. A série dos carrinhos mais divertida e edificante do país chegará às lojas em setembro e será lançada na Expocristã.

Para conhecer mais desenhos evangélicos cristãos, acesse o site da BV Films.

Com ajuda da tecnologia Bíblia pode ser traduzida nas 6.909 línguas existentes no mundo

Um esforço cristão de quase dois mil anos poderia ser concluído em 2025. Tradutores protestantes esperam ter a Bíblia, ou pelo menos parte dela, escrita em cada uma das 6.909 línguas faladas no mundo todo.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

“Há 20 séculos estamos traduzindo a Bíblia e este período no qual estamos é o mais Produtivo”, disse Morrison Paul Edwards, que dirige a Wycliffe Bible Translators. Os computadores portáteis e satélites têm o crédito para acelerar as traduções de cerca 125 anos.

Anteriormente, uma família missionária Wycliffe ou a equipe passaria décadas aprendendo e transcrevendo um idioma em um canto remoto da Terra.

Os missionários Wycliffe têm o credo “uma equipe, uma linguagem, uma vida. Nesse ritmo a meta seria concluir as traduções em 2150”, disse Edwards.

Ajuda da tecnologia

Os missionários contemporâneos, munidos com a tecnologia e utilizando os tradutores nativos, pode ser capaz de supervisionar as transcrições de várias línguas, de acordo com Edwards.

“Os Missionários Wycliffe não evangelizam, ensinam teologia ou realizam estudos bíblicos. Fornecem a linguagem escrita. Eles ensinam a ler e escrever na sua língua materna”. Os missionários desenvolvem alfabetos e traduzem a Bíblia.

Cerca de 2.200 línguas ainda não possuem uma Bíblia. Cerca de 350 milhões de pessoas, principalmente na Índia, China, África Subsaariana e na Papua Nova Guiné só falam esses idiomas.

Trabalhar na tradução necessita de cerca de 6.600 missionários de carreira e de curto prazo com a formação da Bíblia e da lingüística. Eles estão seguindo o mandamento do Novo Testamento de Jesus no Livro de Mateus: “Ide, pois, e fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a observar todas as coisas que vos tenho ordenado de você”.

Mas os missionários têm que ir à campo com seus próprios recursos ou com o apoio de uma igreja. A missionária Katie Zartman tem 27 anos de campo missionário e é designer gráfico sénior na sede da Wycliffe na Flórida, no estado de Orlando (EUA).

Ela retornou recentemente de uma missão de duas semanas para o Senegal, em língua francesa da África Ocidental, onde ministrou um workshop sobre o layout e design para Saafis, uma pequena minoria do Senegal para que Wycliffe não é apenas traduzisse a Bíblia, mas também ajudasse a criar um pequeno corpo de literatura nativa.

“Metade das pessoas não estavam confiantes em suas habilidades básicas do computador quando eles começaram, mas conseguiram em duas semanas”, disse Zartman.

Um povo em primeiro lugar livros

Doze participantes que utilizam software de código aberto (download grátis) completaram uma dúzia de rascunhos de livretos de 24 páginas na língua materna Saafi. A maioria eram histórias infantis.

“Uma vez que eles têm a Bíblia em sua língua isso é quase como um dicionário para que eles escrevam sobre suas tradições orais e cultura”, disse Zartman. “O Saafis vêem o perigo de ser engolido pelas culturas em torno deles. Agora eles podem criar seus próprios livros”.

A era moderna da tradução da Bíblia começou com William Cameron Townsend em 1942. Ele fundou a Wycliffe, em homenagem a don John Wycliffe, que traduziu a primeira Bíblia em Inglês em finais dos anos 1300. Anteriormente os ingleses tinham que ler a Bíblia em latim.

Até agora a Wycliffe e suas organizações, como o Summer Institute of Language (agora conhecido como SIL International), tem participação em mais de 700 traduções das Escrituras.

A SIL tem estatuto consultivo formal com as Nações Unidas e o Conselho Econômico e Social das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

Edwards, um ex-fundraiser para a Universidade de Stanford e promotor do ministério do Colorado levantou mais de US $ 170 milhões em menos de dois anos para este grande impulso final, a última campanha de Idiomas.

Edwards disse que a Wycliffe está ajudando a preservar as línguas indígenas e culturas.

“Quinhentos anos atrás havia o dobro do número de línguas que temos agora”, disse Edwards.

Muitos outros idiomas estão à beira da extinção – falado por poucas pessoas idosas e sem filhos. No entanto, uma vez que uma língua é escrita não pode ser perdida completamente.

Os antropólogos foram mais céticos sobre o efeito dos missionários nas culturas indígenas. “Que bom que essas pessoas puderam fazer isso, mas eles devem ter algum interesse nisso”, disse o professor de Antropologia da Universidade do Colorado Paul Shankman. “Eles têm seus próprios objetivos”.

Trazendo idéias estrangeiras

O Professor adjunto David Stoll do Middlebury College, em Vermont, que estudou a Wycliffe, tem escrito que as atividades de missionários Wycliffe, como os de todos os missionários, tornam-se intimamente ligados não apenas com as tradições religiosas, mas também com a expansão da cultura de fala Inglês, economia, tecnologia, medicina e objetivos políticos. Eles trazem todas estas coisas com eles.

“Se você não é capaz de satisfazer a liderança da aldeia não há nenhuma razão para que eles presumem que o que você está fazendo para trazer a eles – a língua escrita – é particularmente valioso “, disse Edwards.

A própria Bíblia não é pouca influência sobre a cultura. “Estou animada para traduzir a palavra de Deus em todas as línguas”, disse Zartman. “Todas as pessoas poderão ler a Bíblia em sua própria língua, assim Deus não será um conceito estranho”.

Kaká afirma sofrer perseguição religiosa de jornalista. Ataque teria vindo da Folha de São Paulo

Além das críticas recebidas por ter xingado palavrões no jogo da Seleção Brasileira contra a Costa do Marfim no último domingo, o jogador evangélico Kaká disse ontem em uma entrevista sofrer perseguição pelo fato de professar sua fé em Jesus.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

O jornalista esportivo André Kfouri afirmou que o jogador estava jogando com dificuldades porque sentia fortes dores e provavelmente teria que antecipar sua aposentadoria. Essa informação foi publicada na segunda-feira pelo jornalista Juca Kfouri, pai de André, em uma coluna no jornal Folha de São Paulo.

Depois de responder às perguntas feitas pelo jornalista, Kaká afirmou que estava sofrendo perseguição de Juca Kfouri. “Há algum tempo os canhões do seu pai [Juca Kfouri] são disparados contra mim. A artilharia dele está voltada contra mim. Eu queria aproveitar a pergunta para responder às críticas que ele vem fazendo, e o que me deixa triste é que o problema dele comigo não é profissional, mas porque ele não aceita minha religião. Porque eu sou uma pessoa que segue Jesus Cristo. Eu o respeito como ateu, e gostaria que ele me respeitasse como [seguidor de] Jesus Cristo, como alguém que professa a fé em Jesus Cristo. Não só a mim, mas a todos os milhões de brasileiros que acreditam em Jesus Cristo”, falou.

Juca Kforiu havia escrito o seguinte comentário: “Kaká desmentirá, assim como o médico da seleção brasileira. Mas o fato é que ele está sofrendo para jogar esta Copa do Mundo e pode, como Guga, até encerrar sua bela trajetória no futebol muito mais rapidamente do que gostaria. O mesmo problema que o maior tenista brasileiro de todos os tempos enfrentou no quadril Kaká enfrenta no púbis, segundo confidências de médico para médico que chegaram ao conhecimento da coluna horas antes de o Brasil enfrentar a Costa do Marfim”.

No jogo contra Costa do Marfim, além de ser expulso injustamente, Kaká jogou muito bem, tendo ótima movimentação e crítica da mídia especializada. Foi dele o passe para dois dos gols da vitória por 3 a 1.

Em resposta a declaração de Kaká, Juca Kfouri disse: “Critico sim o merchandising religioso que ele e outros jogadores da Seleção costumam fazer, tentando nos enfiar suas crenças goela abaixo”, disse o jornalista que depois se justificou: “Apenas noticiei que ele sofre com seu púbis e há quem avalie que isso o levará a encerrar a carreira prematuramente”.

Atualmente a Folha de São Paulo, jornal para qual Juca Kfouri trabalha, vem publicando reportagens a cerca da doutrina da Igreja Universal do Reino de Deus, que por sua vez qualifica as matérias como ato contra todos os evangélicos.

Jornal argentina diz que Brasil ganhou de Costa do Marfim com ajuda da “mão do diabo”

Ao término do jogo contra a Costa do Marfim, em entrevista, o jogador evangélico Luís Fabiano afirmou que o seu gol foi obra “da mão de Deus”, pois ao dominar a bola, ajeitou-a com o braço direito antes de dar um chapéu em um zagueiro marfinense.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Esse foi o segundo gol marcado na partida e pelo jogador, após um “jejum” de seis jogos sem marcar. Também foi considerado pelo próprio jogador um dos gols mais bonitos de sua carreira. Porém após a sua entrevista o tablóide esportivo argentino “Olé” afirmou que o gol teve ajuda da “mão do diabo”.

Em um jogo contra a Argentina, Luís Fabiano já teria feito provocações. Ele afirmou que os jogadores brasileiros eram felizes enquanto os argentinos são amargos, além de comparar a Seleção brasileira a um jato, pois Maradona afirmou que os argentinos são Rolls Royce, comandado por Messi.

“Escandalosa mão de Luís Fabiano antes de fazer o segundo da vitória por 3 a 1 do Brasil sobre a Costa do Marfim. Além disso, não foi nada original: falou de mão santa, mão de Deus?”, escreveu o jornal na capa ao lado da manchete “La mano Del diablo”, com o fundo da foto de Luís Fabiano dominando a bola.

Outros jornais também criticaram a jogada que marcou o gol. O jornal marfinense Soir Info chamou de “a mão do assassino” e o jornal L´Inter de “a mão vergonhosa que enforcou a Costa do Marfim”.

Fiéis trocam Bíblias por vulvuzelas para torcer pelo Brasil na Igreja Bola de Neve

Os adeptos da Igreja Evangélica Bola de Neve estão acostumados a orar, cantar e bailar no meio de um enorme salão que fica na Vila Gilda, em Santo André. A rede religiosa internacional surgiu da crença de um grupo de surfistas. Lá, todos estão acostumados a fechar os olhos, a levantar as mãos e a reivindicar coisas que sejam possíveis, segundo juram os seguidores das palavras divinas. Não cobram nada que seja irreal ou egoísta. Mas ontem eles nem quiseram levar as Bíblias que imortalizam os ensinamentos de Cristo. Ao contrário, preferiram acionar as vuvuzelas que animaram a farra e, de quebra, ensurdeceram os 3 a 1 do Brasil sobre a Costa do Marfim.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Mas, antes de a redonda rolar no Soccer City, alguns personagens do staff da casa divina, como Fernandez, Gilberto Costa, Valter Bittencourt, Jorge Longo e João José do Carmo, trocaram os habituais cultos para se misturar àquela gritaria sem fim. Rinaldo, o Rina, é o chefão. Não estranhem: o clima é tão democrático que vale até chamar pelo apelido. “Jesus falou mais ou menos assim: ‘venha a mim do jeito que estás. Aqui, tudo pode, menos pecar””, contou Longo, ao esclarecer os motivos de tanta liberalidade na Bola de Neve. “Façam um pouco de silêncio… (vaias na plateia, pode?).Vamos pedir a Deus que … Se o Senhor nos permitir, gostaríamos de licença para torcer pelo Brasil. Caso isto seja de Tua vontade, Senhor, que a gente possa trazer o título. Ah, mas temos um problema, bom Deus: ajude-nos a ligar o telão”. (o equipamento apresentou defeito e não havia como consertá-lo imediatamente).

Milagre ou coincidência, as imagens apareceram logo em seguida. “Obrigado, meu Pai, amém”, agradeceu um dos pastores. Mas, aos 40 minutos da segunda fase, sumiram de novo e não mais reapareceram aos olhos da fanática plateia que, ao ritmo do samba e da ginga na ponta dos pés, manteve o embalo da festa lá fora na calçada.

A cara pintada Vitória Assencio, 10 anos, todinha de verde-amarelo no rosto e na camiseta canarinho, provou que não era nenhuma ingênua no meio da torcida. Afinal, ela viu que o atacante Luís Fabiano usou os braços duas vezes ao marcar o segundo gol. A garotinha não mediu as críticas ao francês Stephane Lannoy pela expulsão de Kaká. “Ganhamos bonito, mas o juiz queria complicar”, observou a bela e charmosa filha de Márcia.

Marina Silva participa de grande festa de aniversário da Igreja Assembléia de Deus no Brasil

A candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, teve um presença discreta na capital paraense, anteontem à noite, onde compareceu para comemorar, no estádio Mangueirão, os 99 anos de fundação da Assembleia de Deus.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Ele chegou ao Pará depois de participar das convenções estaduais do PV, em São Paulo e no Rio. Marina permaneceu menos de uma hora no estádio e saiu apressada, sem falar com os jornalistas.

A mesma atitude de evitar a imprensa ela teve em São Paulo, depois da convenção do PV que oficializou Fábio Feldmann ao governo paulista. Evangélica, ela disse apenas que esteve em Belém para um “ato de fé”.

No palco onde estavam pastores, a governadora Ana Júlia Carepa (PT) e outros convidados, Marina evitou falar de política e foi econômica com as palavras: “É uma festa da Assembleia de Deus no lugar onde tudo começou. Eu faço parte desta igreja e vim aqui para celebrar com os irmãos. Estou muito feliz”, afirmou a presidenciável do PV.

Presente em 176 países, a Assembléia de Deus nasceu na capital e hoje conta com cerca de 100 milhões de fiéis no mundo. “Atuamos principalmente na área social, resgatando as pessoas que vivem na margem da sociedade, mergulhadas em vícios, e mostrando a elas que ainda há uma esperança, uma salvação. Esse é o verdadeiro trabalho evangelista, o que explica a Igreja ter crescido tanto em menos de cem anos”, destaca o pastor Edson Farias. No local, fiéis de vários estados marcaram presença durante as orações.

Fonte: Estadão e Diário do Pará / Gospel+
Via: Notícias Cristãs

Marina Silva na UnB

A candidata Marina Silva voltou a defender, na quinta-feira passada, um plebiscito para tratar de temas polêmicos, como o aborto. Ela disse que respeita quem é a favor do aborto e que não pretende criticar ninguém. “Não costumo satanizar pessoas que tem posição favorável. Preocupo em não devolver na mesma moeda. Tenho por princípio jamais ofender ninguém por defender uma posição que não é a minha”, declarou.

Marina avalia que o debate deve ser levado ao campo ético e filosófico, e não apenas ao religioso. E disse sofrer preconceito por ser evangélica: “Gostaria que as pessoas me olhassem não como uma evangélica radical que estão querendo me pintar, mas como uma mulher que defende talvez as causas mais difíceis”. E concluiu: “Ninguém vai encontrar ninguém, homossexual, prostituta, quem quer que seja que possa dizer eu fui discriminado pela senadora Marina Silva”.

A candidata verde foi ovacionada por estudantes da Universidade de Brasília, onde participou de um debate. Na ocasião, um manifestante do Movimento Cerrado Vivo entrou no auditório fantasiado e com um serrote na mão. Mas o protesto foi silencioso e não houve tumulto.